;

Popular Post

Popular Posts

Posted by : Chihiro Lemos 31/01/14

  

Mistério sobre o futuro deles


TOKIO HOTEL: o silêncio ronda a mundialmente famosa banda adolescente, desde que os gêmeos Kaulitz se mudaram para os EUA. A banda ainda existe? Seguindo os vestígios...


Até quatro anos atrás a banda alemã adolescente Tokio Hotel só conhecia um caminho: para cima e íngreme. Eles podiam sempre contar com os "Aliens"- como os fãs são chamados.
Eles venderam mais de seis milhões de cópias, os fãs até os impulsionaram às paradas da Billboard americana (39º lugar), eles ovacionaram a banda com um amor histérico e alguns até aprenderam alemão por causa da banda. 400.000 Aliens celebraram a performance na frente da Torre Eiffel, onde o Tokio Hotel foi convidado pelo ex-presidente Nicholas Sarkozy, em 2007. E o Tokio Hotel agradeceu os fãs: "Wir sterben niemals aus. Ihr tragt uns bis in alle Zeit. Sowas wie wir geht nie vorbei." [Nós nunca seremos extintos. Vocês nos suportaram todas as vezes. Algo como nós nunca acaba.]

Em novembro, os Aliens presentearam a banda com um novo European Music Awards de "Biggest Fans". Agora, quatro anos desde o último álbum, os fãs parecem perder a paciência: "Onde está o novo single? Vocês estão de brincadeira? Amo vocês, mas não aguento mais as suas mentiras!", resmunga Daria Jaxn da Polônia. "Não podemos esperar para sempre, nossa paciência está no limite!", ameaça Paula Justine Jaworska da Polônia. E Nacy Gotbow do México afirma: "Não precisamos de Twitter - precisamos do novo álbum".

O silêncio ronda a banda - exceto pelo trabalho de jurados no DSDS no ano passado - desde que os gêmeos Kaulitz se mudaram para Los Angeles a fim de evitar o tumulto em torno deles. Bill Kaulitz (24), Tom Kaulitz (24), Georg Listing (26) e Gustav Schäfer (25) prometeram música nova várias vezes: "Temos agora mais liberdade do que nunca. Nós aproveitamos o tempo e o trabalho no nosso novo álbum. Estamos trabalhando diariamente nele", disse Bill Kaulitz para BUNTE em dezembro de 2012.

No fim das contas, ainda não ouvimos nada do novo álbum. O site oficial do Tokio Hotel está em manutenção há vários meses. A banda não quer comentar a sua situação atual, nem a gravadora Universal - que não estava disposta para confirmar se o Tokio Hotel ainda existe. Os fãs estão irritados com as manobras táticas de atraso no Twitter e Facebook: "Novidades emocionantes vindo muito em breve" ou "Tokio Hotel fez outra colaboração. Fiquem ligados". Junto a isso, encontram-se fotos melancolicamente em preto e branco da vida noturna de Los Angeles ("Noites de LA. Quem é você, quem sou eu?") e uma foto da nova tatuagem de coração do Bill, incluindo uma mensagem enigmática ("Devolva-me o meu coração que o seu corpo rejeitou").

Será que o Tokio Hotel se perdeu na cidade musical do Nirvana, Los Angeles?
BUNTE descobriu que Bill e Tom ainda moram com sua mãe Simone Kaulitz-Trümper em Hollywood Hills e que eles ainda estão trabalhando intensamente em seu novo álbum. Até Gustav e Georg, que ainda fazem parte da banda, continuam gravando suas partes na Alemanha e tudo se mistura depois. "A banda está bem. Eles vão lançar o novo álbum este ano e com certeza haverão concertos ao vivo depois", diz o produtor Peter Hoffmann (60) para BUNTE. "A banda já gravou as canções. Eles estão atualmente trabalhando no processo posterior e escolhendo as músicas certas". Há alguma diferença entre eles e a gravadora? "Não, nós estamos de acordo com a Universal em relação as músicas. Mas uma data de lançamento internacional deve ser bem escolhida".
Por que demorou tanto tempo então? "Se você trabalha muito, você também tem que descansar por um tempo maior", diz Hoffmann. "Os garotos tiveram uma carga de trabalho inacreditável, mas nada está perdido."

Um amigo da banda relata outras coisas: "Eles têm músicas suficientes, mas a gravadora não concorda com todas as canções. É um risco enorme lançar algo depois de um longo tempo. A Universal e a gestão estão com medo de que o novo álbum possa ser um fracasso porque os antigos fãs cresceram".
O produtor de sucesso Thomas Anders também vê o retorno como um desafio difícil: "Quatro anos são como uma eternidade para uma banda adolescente. Os fãs cresceram. Tokio Hotel precisa atingir o mercado pop adulto agora. Miley Cyrus fez isso - mas sem uma pausa e com a ajuda de excelentes conselheiros americanos".


Por enquanto eles estão trabalhando em seu retorno europeu, talvez depois vão trabalhar em um retorno para o mercado musical americano.
Um objetivo difícil: "Há centenas de bandas como o Tokio Hotel nos EUA", diz o manager de música Thomas Stein (64), que trabalhou para Falco e La Bouche nos EUA. "É difícil se estabelecer lá. É como navegar em um enorme caminhão por meio de uma tempestade. Sem o conselheiro certo, você vai bater no muro".
Até Thomas Anders adverte a banda de definir objetivos muito altos: "É difícil entrar no mercado de música americana. Quando eu tentei trabalhar em um álbum nos EUA em 1990, minha gravadora me disse: não temos dinheiro para isso. O produtor Lionel Richie pediu 100.000 dólares por uma canção. No final, toda a produção teria custado em torno de um milhão de dólares". Logo depois ele acrescentou: "Até mesmo Robbie Williams não foi capaz de atingir o mercado musical americano. Apesar de ele ter milhões de dólares e um bom conselheiro".

Traduzido para ING por: Tokio Hotel Wonderland
Traduzido para PT/BR por: LdSTH

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © 2013 Tokio Hotel Hysteria Portugal - Devil Survivor 2 - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -